Prius-PT
Comunidade independente de proprietários e amigos de viaturas de mobilidade sustentável

Rede de carregamento de carros eléctricos abre hoje as portas a novos operadores

rated by 0 users
This post has 5 Replies | 2 Followers

Top 25 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
050_C-HR_2016
A01_Ioniq_BEV
Clube 1000 km
tcap-support

Esperemos que o que é relatado sirva para potenciar o crescimento de VE's!!!

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_2G
SystemAdministrator
tcap-support
João Prates replied on 23 Dec 2015 12:09

Realmente era só que precisávamos agora... ter de andar com uma panóplia de cartões de diversos operadores no bolso!

Porque motivo não pode o posto ter um leitor MB/VISA/MASTERCARD para qualquer pessoa poder carregar sem ter de andar com cartões xpto atrás?

Já nem falo na mobilidade a maiores distâncias entre países por exemplo...

Enquanto abastecer um EV num posto Mobi-e não for tão fácil como abastecer num posto de combustível fóssil, não vamos a lado nenhum.

E depois convém que assinalem no chão com cor forte e letras garrafais que o lugar se destina ao carregamento de veículos eléctricos, acompanhado de sinalização legal a proibir o estacionamento de fumarentos, e fiscalização a sério com multas pesadas para quem prevaricar.

Quando isto tudo estiver aplicado logo falamos.

 

Bons (maus) exemplos para ver e pensar:

e

 

Alguém que avise a malta dos vídeos que em Portugal também não se vão safar!

Top 25 Contributor
Plug-In
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
310_Nissan_Leaf
410_Vectrix
Clube 1100 km
tcap-support

E eu que julgava que a rede Mobie era um exemplo de simplicidade no que diz respeito à utilização de um único cartão a nível nacional. Sad

Comércio de veículos elétricos

Nissan Leaf / Vectrix Li+ 60 ah / Peugeot Ion

Top 50 Contributor
Full Hybrid
012_Prius_2G
210_Renault_Fluence
Clube 1400 km
tcap-support
Alexandre Moleiro replied on 23 Dec 2015 23:50

Documento completo aqui: http://www.erse.pt/pt/desempenhoambiental/m_eletrica/Documents/Regulamento%20n%C2%BA%201%20-%202015%20-%20Mobilidade%20El%C3%A9trica%20_Portal.pdf

 

Em princípio qualquer cartão dará acesso a qualquer ponto da rede, mesmo existindo várias "marcas" de pontos de carregamento.

Funcionará como o multibanco, pode-se levantar dinheiro em qualquer caixa, apesar de não ser da "marca" do nosso banco.

A mobi.E fará o papel da SIBS.

 

 

Alexandre Moleiro

Renaul Fluence ZE (2013) Renault Fluence ZE
(2013)
Consumo médio
Prius 2G (2005) Tesla Model 3
(2019)
Consumo médio
Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_2G
SystemAdministrator
tcap-support

Muito obrigado pelo esclarecimento Moleiro!!!

Espero bem que pelo menos seja como dizes, que no fundo continua com o método actual de cartão único, mas tenho sérias dúvidas que seja o método mais acertado, porque continuamos sem ter forma de chegar, servir, e rolar sem ter de andar com cartão no bolso.

Pior que isso, repara que pelo menos no texto do jornal (não tive tempo para ler o regulamento ainda) fala-se em carregamento de cartão, ou seja o sistema de cartão pré-pago. E que tal se pedissem o mesmo para meter gasolina ou diesel? Era giro ehm?

Penso que o sistema de pagamento por cartão de crédito/débito no local, como qualquer bomba de gasolina actual que opere 24h possui, era o mais simples, menos burocrático, e acima de tudo mais universal.

A carregar o cartão, sendo a rede explorada por várias empresas, quem fica com o dinheiro até ser gasto? Só pode ser a Mobi-e. Que belo negócio!

Depois falta ver se no documento do regulamento que anexaste vem o mais importante de tudo, que é omisso no artigo do jornal:

QUAL O REGIME/TIPO DE TARIFÁRIO A APLICAR?

Paga-se por kWh? Paga-se por tempo de posto ocupado? Um mix?

Estas dúvidas já se colocaram lá fora há anos, cada país e cada operador escolheu um método diferente, gostava de saber qual vai ser adoptado pela rede Mobi-e como um todo, ou se isto fica ao critério do explorador do posto de carregamento.

Para mim, que não percebo muito disto, há 3 critérios principais a considerar:

1) O valor a pagar tem de atender à quantidade de energia gasta, i.e. o mesmo veículo não pode pagar o mesmo quer carregue 1kWh ou 20 kWh;

2) O valor a pagar tem também de atender ao tempo ocupado no posto. Um posto público é para ser partilhado por todos, e ter um veículo a carregar num posto público durante horas a fio porque só suporta carregamentos tipo 1 a puxar 10A é inaceitável quando no mesmo tempo poderia ter carregado vários veículos com carregamento tipo 3 ou superior;

3) O tempo decorrido após carregamento terminado tem de ser pago a doer, mas a doer muito mesmo, porque os postos não são lugares de estacionamento. Claro que se tem de dar um espaço de tempo razoável para a pessoa retirar o veículo, mas esgotado esse tempo a tarifa devia ser brutal por cada minuto decorrido, para incentivar o utilizador a ir retirar o veículo do local dando o lugar a outros.

Page 1 of 1 (6 items) | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems