Prius-PT
Comunidade independente de proprietários e amigos de viaturas de mobilidade sustentável

Fim da dieselmania?

rated by 0 users
This post has 43 Replies | 6 Followers

Top 10 Contributor
EV
015_Prius+
A01_Ioniq_BEV
Clube 1000 km
tcap-support

Pedro Sá:
mais um ponto para a minha checklist de aquisição do VE.

Um aumento para os 6,9 kVA praticamente duplica a disponibilidade de potência e implica um investimento a rondar os 5 eur/mês. Com os 3,45 kVA ficas muito limitado e pouca margem (para não dizer nenhuma) terás para rentabilizar o bi-horário. Os meus gastos com os monstros domésticos em vazio (máquina lavar roupa, máquina de secar roupa e máquina de lavar loiça) mais do que anulam esse acréscimo na potência.

Top 50 Contributor
Full Hybrid
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
tcap-support
João Crisóstomo replied on 29 Jan 2019 19:07

Afonso Henriques:

O maior problema de andar de autocarro é a quantidade de automóveis que andam a estorvar nas ruas das cidades. 

Completamente de acordo!

Em Setúbal atrevo-me a dizer que largas centenas de carros apodrecem serenamente estacionados na via pública. Sendo uma cidade onde o trânsito conflui para meia dúzia de ruas, inevitável é o congestionamento. Quanto à rede de autocarros é uma miséria. 

Parece inevitável planear as cidades de forma a servirem quem nelas vive e trabalha. O que obrigará a limitar o automóvel particular a zonas residenciais ou, em alternativa, a parques fora dos limites das cidades. Já nestas terá de se dar a primazia ao transporte colectivo. Desentulhar as ruas das grandes cidades dos automóveis imobilizados, seria um passo em direcção à mobilidade e qualidade de vida.

Abraço amigo 

Crisóstomo 

Top 25 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
022_Auris_HSD_2G
Clube 1000 km
tcap-support

Mais aspectos para a discussão....

 

https://observador.pt/2019/01/31/6-razoes-para-comprar-um-diesel-agora/?utm_source=Newsletters+Observador&utm_campaign=77571e7d5d-EMAIL_CAMPAIGN_2019_01_30_COPY_01&utm_medium=email&utm_term=0_4e99f7d1e5-77571e7d5d-184845081

  Auris HSD....amigo da carteira e amigo do Ambiente.   Paradise

_________________________

136 Cvs que «merecem» ser explorados.Wink

  

 

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support
Telmo Salgado replied on 31 Jan 2019 9:11

De propósito (ou não), só referem a luta do diesel contra o gasolina e o elétrico...

 

Mas vejamos as citações de cada um dos pontos:

Diesel mais económico do que gasolina

Os motores diesel trabalham com um excesso de ar muito superior aos gasolina, o que significa que, para o mesmo tipo de potência, vão sempre gastar menos.

comentário: relação não causal, escrita simplória e tecnicamente vazia.

Diesel menos poluente do que gasolina

Ou seja, os diesel são tão pouco poluentes quanto os motores a gasolina. Sucede que, os motores a gasóleo, porque consomem uma menor quantidade de combustível, que contém carbono, emitem menos CO2, gás que não sendo um poluente provoca o efeito estufa, o que nos dias que correm é igualmente nefasto, conferindo aqui uma vantagem para as unidades a gasóleo.

comentário: no laboratório, na prática a solução encontrada facilmente se deteriora e temos desvios muito elevados.

Vão surgir incentivos para comprar carros a gasóleo

Os construtores determinam com uma década de antecedência, e por vezes mais, o tipo de motores que vão montar nos seus veículos, muitas vezes ainda antes de estes estarem desenhados, quanto mais produzidos. E adaptam o seu aparelho produtivo àquilo que pensam ser as necessidades do mercado a longo prazo, fabricando uma determinada quantidade por dia de motores a gasolina e outros tantos a gasóleo.

comentário: interessante, pelos vistos custa mais ajustar no fabrico do que incentivar na aquisição. Desconheço a indústria a este ponto, mas penso que a diferença no custo do fabrico do motor a gasolina nunca será revertida.

Quando banirem os diesel, os gasolina vão atrás

Mas com a certeza de, quando uns forem impedidos de circular, os outros seguir-lhe-ão as pisadas.

Comentário: nas urbes os impedimentos chegaram mais cedo para os diesel, as certezas têm prismas diferentes, dá para perceber.

Os motores diesel não têm hipótese?

Há esforços bastante avançados para produzir gasolina e gasóleo neutros em carbono. Essencialmente, são combustíveis sintéticos que contêm carbono, como os de origem fóssil, mas em que esse carbono é capturado da atmosfera, aonde regressa depois de ser queimado pelos motores convencionais. Isto significa que as emissões de CO2 destes motores são rigorosamente zero (caso seja utilizada energia eléctrica de fontes renováveis), ou seja, muito inferiores até aos dos veículos eléctricos, se considerarmos todo o ciclo do “poço à roda”, uma vez que a produção de baterias levanta alguns problemas específicos neste capítulo.

Comentários: treta de marketing e sem sentido. Sim, o motor diesel ainda tem hipótese mas remetido a utilizações adequadas, claramente profissionais. Todas as alegações de emissões reduzidas são pura treta e devem ser encaradas como fake news.

 

Os veículos eléctricos são alternativa?

Mas vêm aí mais concorrentes e o Volkswagen I.D. Neo (princípio de 2020) vai revolucionar a oferta, propondo mais potência e autonomia por 29.000€.

Comentários: VW bem posicionada, leia-se, com adeptos dentro do Observador. Já sabem preço a um ano de distância.

 

 

Deixam de fora os híbridos, que sabemos (eles também!) serem menos poluentes...

Em lado nenhum os referem, e não é por acaso. O diesel do uso particular já deixou de fazer sentido há muito tempo, aliás, nunca fez, só na Europa é que teve lugar esta distorção. Mas os construtores interessados lançam-se na sua defesa em vez de desenhar e produzir alternativas objetivas e melhores para ambiente e clientes.

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 25 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
022_Auris_HSD_2G
Clube 1000 km
tcap-support

Obrigado Telmo pelo teu post; merecia «migrar» para o Observador como comentário ao «artigo».

  Auris HSD....amigo da carteira e amigo do Ambiente.   Paradise

_________________________

136 Cvs que «merecem» ser explorados.Wink

  

 

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

Os comentários que li também referem os meus pontos. Wink

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
510_Outlander_PHEV
Clube 1000 km
Moderator
tcap-support

já desisti de ler o observador. nunca pensei que o ser humano conseguisse acumular tanta ignorância e lixo num só local...

Toyota Prius 3G Gpl by AutoGasPower    Spritmonitor.de     Diário de Bordo de Um Prius Serrano

Mitsubishi Outlander PHEV    Spritmonitor.de  Diário de Bordo do Ironhide

Diário de um projeto de Autoconsumo Beirão - Link

Renault Fluence ZE - Diário de Bordo do Adamastor (Fechado)

Top 25 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
050_C-HR_2016
A01_Ioniq_BEV
Clube 1000 km
tcap-support
Pedro Tiago replied on 31 Jan 2019 9:43

João Ferreira:

já desisti de ler o observador. nunca pensei que o ser humano conseguisse acumular tanta ignorância e lixo num só local...

O problema é que nem o Observador nem nenhum outro, chegámos a um ponto que é quase impossível dissociar o lixo do resto! se não fosse o Prius-pt para irmos lendo alguma coisinha de jeito...

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

Ora cá está um outro artigo daqueles fantásticos:

https://www.publico.pt/2019/02/11/economia/opiniao/veiculos-eletricos-1860596

algumas citações:

 

"Através de uma agressiva publicidade comercial e institucional têm-se conseguido crescimentos nas vendas dos híbridosque só fazem curtíssimos percursos com emissões zero – e, também, nos últimos dois anos, de viaturas exclusivamente elétricas. Trata-se de veículos significativamente mais caros do que os seus equivalentes convencionais, apesar da subsidiação estatal suportada com esforço fiscal e parafiscal de consumidores/contribuintes."

 

"A produção de um carro elétrico implica mais 50% de CO2 em comparação com a de um carro térmico equivalente. O seu fabrico (motor e baterias) exige metais caros e alguns com grandes impactes ambientais no processo extrativo. Estima-se que o ponto de equilíbrio, em termos das emissões de CO2, entre uma viatura elétrica e outra convencional, só se atinja ao fim de 40.000 km percorridos. Isto é, cerca de três anos para um utilizador médio."

"Em conclusão: é aconselhável uma grande prudência e bom senso, nomeadamente quando se trata de avançar com políticas públicas que envolvem dinheiro coletivo. Atitudes que não abundam, como se poderá constatar nas recentes declarações incendiárias do ministro acerca das viaturas diesel. Que, aliás, até produzem menores quantidades de CO2 por quilómetro percorrido quando comparadas com as movidas a gasolina!"

Como detentor de alguma responsabilidade, não vou emitir comentários.

 Outras publicações do mesmo autor, investigador FCSH/UNL:

https://pracadobocage.wordpress.com/author/deca50/

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 25 Contributor
Plug-In
0000_PREMIUM_Access
021_Auris_HSD_1G
tcap-support

Se é péssimo o comentário dos híbridos, dos EV's é um comentário vergonhoso, da conclusão é triste...

1999 Avensis T22 (3S-FE)

Page 4 of 5 (44 items) < Previous 1 2 3 4 5 Next > | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems