Prius-PT
Comunidade independente de proprietários e amigos de viaturas de mobilidade sustentável

Teste ao Nissan Leaf

rated by 0 users
This post has 58 Replies | 9 Followers

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support
Luis Neves replied on 9 Jun 2011 17:16

Na parte esquerda do indicador superior, temos uma espécie de conta-rotações que apaga da direita para a esquerda - tudo aceso sem pressão ou pressão ligeira no acelerador, tudo apagado de prego a fundo, passando pelos estádos intermédios. Este indicador desenha um semicírculo parecido com a copa de uma árvore. Depois, se formos conduzindo com calma, em baixo vai-se formando o tronco da mesma. Conduzindo com cuidado forma-se ao fim de algum tempo uma árvore...

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support
Luis Neves replied on 9 Jun 2011 17:20

Bom, acho que ficou o essencial ilustrado. Agora é só alinhavar as impressões de condução.

Como já referi, para quem vem do mundo Prius a adaptação é imediata, e ocorre uma grande familaridade com diversos sistemas e soluções.

A condução do carro está perfeitamente optimizada para a cidade, com uma direcção muito leve e desmultiplicada. Alguns dirão que não transmite informação ao condutor, o que é mau para quem gosta de fazer curvas em duas rodas. Para a utiilização desta viatura, parece-me perfeita.

Associando isto ao binário tremendo dos motores eléctricos e à "caixa" automática, o Leaf é um carro que é um verdadeiro prazer conduzir em cidade. Os arranques são de uma facilidade tremenda, parece que o carro pesa o mesmo que uma...folha! Angel

Ha muitos TDi´s que vão ficar surpreendidos nos arranques. Até aos 80-100 km/h a aceleração do carro é brutal. A diferença para o Prius PHEV é que neste não se pode carregar a fundo, senão arranca o MCI. Embora já se mexa muito bem em eléctrico, melhor que a maioria dos carros locomovidos a MCI´s, o Leaf dá um passo adicional em frente, entrando na categoria dos foguetes. Claro que os abusos se pagam na redução da autonomia, mas é bom saber que os "cavalos" estão lá quando são precisos.

Outro factor de conforto é a suspensão, muito suave, em mau piso mesmo à la escola...francesa!

Então em subidas íngremes, onde um carro normal anda a engasgar entre mudanças, é mesmo um regalo conduzir uma máquina destas.

O fulgor começa a perder-se um pouco a velocidades superiores a 100 km/h, onde a progressão se faz de forma mais lenta, contudo sem comprometer. Há sempre um silvo do sistema eléctrico ligeiramente audível, mais que no PHEV, em particular na faixa dos 60-80 km/h. Acima os ruídos aerodinâmicos começam a abafar o dito silvo, e abaixo quase desaparece.

 

 

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support
Luis Neves replied on 9 Jun 2011 19:30

Sobre a autonomia não consigo dizer grande coisa, mas fiz mais de 80 km e ainda o entreguei com a indicação de restarem 60. E se uma boa parte do tempo andei nas calmas, em alguns momento puxei um bocado. Por isso os 150 km parecem-me perfeitamente alcançáveis em andamento normal.

O algoritmo de cálculo da autonomia restante é que é um bocado estranho. Por exemplo, num percurso trabalho-casa que são 5,5 km, a maior parte do qual em subida acentuada, a autonomia reduziu-se de 148 para 114 km - 34 km em apenas 5,5!

No percurso contrário, apesar de percorridos os mesmos 5,5 km, a maior parte a descer, a autonomia subiu para 128 km!

Parece assim que o CB faz as contas considerando a carga restante na bateria e o consumo dos (poucos) últimos km, e não a média geral histórica ou similar, o que induz estas variações muito acentuadas. Em saldo, os 11 km percorridos fizeram perder 20 km de autonomia, o que diz bem dos meus trajectos diários (bem contente fico com as minhas médias no Prius entre 4,5 e 5,0 litros).

Finalmente, e para acabar, algo que me aconteceu inesperadamente. Numa descida muito acentuada, em piso de alcatrão de boa qualidade e sem qualquer ireegularidade naquele local, vinha a travar suavemente a reduzir velocidade, quando me acontece um daqueles episódios de descontinuidade na travagem, provocando alguma sensação de aceleração...algo que me acontece por vezes no Prius, mas apenas e tão só quando alguma irregularidade do piso provoca alguma actuação dos sistemas electrónicos (ABS, controlo de tracção).

Estranho, não? Não consegui perceber se foi alguma comutação da travagem de eléctrico para mecânico.

Impressão geral: muito boa. Tal como referi, penso que para o tipo de utilização previsível por parte da maioria dos potenciais compradores, um carro mais compacto seria mais adequado.

E agora abro o espaço para perguntas, se alguém as tiver e eu souber responder. Wink

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

Luis Neves:

Sobre a autonomia não consigo dizer grande coisa, mas fiz mais de 80 km e ainda o entreguei com a indicação de restarem 60. E se uma boa parte do tempo andei nas calmas, em alguns momento puxei um bocado. Por isso os 150 km parecem-me perfeitamente alcançáveis em andamento normal.

Nem nós esperávamos outra coisa, Luís Stick out tongue

Mas é reconfortante saber que os 150km estão no horizonte quando se carrega o automóvel...

Luis Neves:

O algoritmo de cálculo da autonomia restante é que é um bocado estranho. Por exemplo, num percurso trabalho-casa que são 5,5 km, a maior parte do qual em subida acentuada, a autonomia reduziu-se de 148 para 114 km - 34 km em apenas 5,5!

No percurso contrário, apesar de percorridos os mesmos 5,5 km, a maior parte a descer, a autonomia subiu para 128 km!

Parece assim que o CB faz as contas considerando a carga restante na bateria e o consumo dos (poucos) últimos km, e não a média geral histórica ou similar, o que induz estas variações muito acentuadas. Em saldo, os 11 km percorridos fizeram perder 20 km de autonomia, o que diz bem dos meus trajectos diários (bem contente fico com as minhas médias no Prius entre 4,5 e 5,0 litros).

Esta observação parece-me verdadeiramente importante. Para baixar o "nível de ansiedade" a bordo, julgo que o CB deveria ser menos reactivo aos úitimos km...Nada que o hábito não faça compreender a médio prazo, mas poderia ser menos assustador.

Luis Neves:

Impressão geral: muito boa. Tal como referi, penso que para o tipo de utilização previsível por parte da maioria dos potenciais compradores, um carro mais compacto seria mais adequado.

E agora abro o espaço para perguntas, se alguém as tiver e eu souber responder. Wink

Eu ainda assim acho que a mudança comportamental vai muito de modelos deste género, que cumpram 97% dos requisitos duma família de 4, em que os restantes 3% sejam em regime de aluguer (que a própria Nissan organiza para os clientes Leaf). O carros pequenos EV é uma excelente solução, mas intuitivamente não faz alterar a nossa percepção nem hábitos.

 

A minha questão "million-dollar" de hoje é: porque não te deixaram uma ficha normal para poder carregar durante a noite?

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support

Bom, o carro é novo (duas ou três semanas), está sediado numa garagem com tomada apropriada, e para as voltinhas que tem dado até agora creio que a questão de ser carregado noutro local não se tem colocado, pelo que a "gerência" ainda não adquiriu adaptador para as tomadas normais.

Na verdade, e por falar em carregamentos, uma diferença em relação ao PHEV para quem faz trajectos diários curtos, é o facto de não ter a pressão de estar sempre a carregar a viatura. Imagino que com um Leaf em mutas semanas me bastaria fazer uma carga, ou quando muito duas, enquanto que o PHEV teria de ser todos os dias, e alguns dias mais do que uma vez. Claro que não tem o stress da "energia" a acabar...Big Smile

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
015_Prius+
A01_Ioniq_BEV
Clube 1000 km
tcap-support

Luis Neves:
Claro que não tem o stress da "energia" a acabar...Big Smile

Esse é, a par do preço, o grande problema do Leaf. A autonomia é muito reduzida para as minhas necessidades, actualmente. Bastaria uns 250km de autonomia e até pensava em comprar um! Por norma faço perto de 90 km diariamente, mas há dias, como hoje, em que chego perto dos 150km, e isso deixava-me em apuros.

Obrigado pelo teu excelente relato, e pelas fotos. O carro tem uma aparência bastante aceitável e um interior arrumado e simples, o que acaba por resultar num conjunto apelativo. Não teria qualquer problema em ter um igualStick out tongue

Tal como o Telmo, gosto especialmente do tamanho do carro (segmento C), uma vez que serve vários propósitos. Bom para ambiente urbano, mas igualmente para uns pequenos passeios com a família. Carros como o MiEV, por exemplo, deixam a desejar no capítulo da versatilidade, pois assumem-se como puros citadinos.

 

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
016_Prius_4G
tcap-support

Obrigado Luis

Excelente teste drive e preciosa ajuda para os fãs desta tecnologia.

Foi pena ser tão curto e não poderes carregar em casa, teríamos acesso a mais dados, tais como,

carga completa ou parcial custo de cada carga etc.

Ficará para a proxima.

Top 25 Contributor
Plug-In
0000_PREMIUM_Access
011_Prius_1G
210_Renault_Fluence
tcap-support

Carlos Costa:

Esse é, a par do preço, o grande problema do Leaf. A autonomia é muito reduzida para as minhas necessidades, actualmente. Bastaria uns 250km de autonomia e até pensava em comprar um! Por norma faço perto de 90 km diariamente, mas há dias, como hoje, em que chego perto dos 150km, e isso deixava-me em apuros.

Ora Carlos, parece-me que te contradizes: então se fazes diariamente 90 kms, com idas ocasionais perto dos 150 kms, este seria o carro ideal para ti! Conseguirias recuperar o investimento rapidamente, ao contrário de quem só faz uma dezena de kms por dia.

Pelo que tenho lido, quem está habituado a sacar bons consumos do Prius facilmente fará mais de 160 kms no Leaf.

Carlos Costa:
Obrigado pelo teu excelente relato, e pelas fotos.
Yes

Top 10 Contributor
EV
015_Prius+
A01_Ioniq_BEV
Clube 1000 km
tcap-support

Alexandre Jesus:
Ora Carlos, parece-me que te contradizes: então se fazes diariamente 90 kms, com idas ocasionais perto dos 150 kms, este seria o carro ideal para ti!

Olha que não. Pensa um bocadinho: eras capaz de comprar um carro com 150 km de autonomia eléctrica sabendo que fazes, muitas vezes durante um ano, viagens de 140km (às vezes mais) em estradas de relevo acentuado? Quem me garante que o carro faz 150 km  nestas condições? Mesmo considerando a norma, dos 90km diários, acho arriscadíssimo. Para teres uma ideia do meu dilema, nos últimos 1,5km de estrada (variante) entre Vila Verde e Braga, a autonomia do PHEV passava de 12 km para 1km!!!!!! E tenho subidas destas "aos pontapés" até Guimarães...Sad

Top 25 Contributor
Plug-In
0000_PREMIUM_Access
011_Prius_1G
210_Renault_Fluence
tcap-support

Pois compreendo o teu receio, as subidas são tramadas!

Mas em contrapartida, do outro lado tens sempre uma descida...

Só mesmo experimentando, sabendo de antemão que as subidas, sobretudo com o carro carregado, e as autoestradas, são os grandes inimigos.

Mas sou capaz de apostar em como tu conseguias. Espera até te chegar um às mãos.

Page 3 of 6 (59 items) < Previous 1 2 3 4 5 Next > ... Last » | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems