SITE OFFLINE
Esta comunidade mudou-se para https://ecomove.pt, registe-se no novo site!

A arte de travar (regenerar)

rated by 0 users
This post has 24 Replies | 6 Followers

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support
Luis Neves Posted: 31 Dec 2012 19:59

Este post serve para lembrar um aspecto com algum interesse para os consumos realizados com qualquer veículo HSD, e que tem a ver com a optimização da travagem/regeneração. Mais facilmente nos preocupamos com a aceleração, velocidade, mas este não é nada desprezável. Afinal, é assim que se carregam as baterias, para depois se andar em EV...

Aqui vão considerações para discussão. Creio que se podem estabelecer 2 cenários distintos, nos quais o comportamento do condutor deverá ser também distinto.

1) Viagens de autoestrada, IC´s e outras vias em que é mantida velocidade sistematicamente acima dos 75 km/h. Neste caso, não me parece haver vantagem particular em acumular energia nas baterias. A condução a praticar deve seguir o princípio de dexiar reduzir um pouco a velocidade nas subidas, e deixar o carro deslizar nas descidas - o famoso glide. Muito fácil de fazer no 3G, basta pressionar muito ligeiramente o acelerador eliminando a regeneração de energia que ocorre nas descidas, mas sem pressionar o suficiente para que o HSD comece a entregar energia para a locomoção. Na prática a barra do HSI deve ficar "oculta" na trasição entre a zona de "charge" e a zona "Eco", tal como indicado na figura abaixo com a seta vermelha.

Note-se que deixar ir o carro descida abaixo sem aceleração e a ocorrer alguma regneração equivale a fazer uma descida engatado na velocidade mais alta num carro normal, em ambos os casos sem qualquer gasto de combustível; eliminar a regeneração no HSD sem entregar potência equivale a ir descida abaixo em ponto morto num carro normal, com a vantagem de o HSD não gastar combustível, ao contrário das outras viaturas.

Em suma, não exagerar nas subidas e aproveitar bem as descidas, não regenerando, parece ser a chave para os bons consumos.

2) Viagens em cidade ou em estradas com zonas frequentes onde a velocidade desce abaixo dos 75 km/h, permitindo uma utilização em EV (não forçado). Bom, aqui a coisa é radicalmente diferente, e para aproveitar as zonas onde se pode "deslizar" em EV sem esforço, é preciso aproveitar todas as oprtunidades para colocar energia nas baterias, seja em descidas seja em travagens para reduzir velocidade ou imobilizar a viatura (filas, semáforos). Para além dessa optimização, a cargo do condutor, um conselho adicional. As travagens devem sempre ser feitas com suavidade, começando com bastante antecedência, de modo a conseguir o máximo de regeneração e evitando a entrada do sistema de travagem mecânica convencional. A barra do HSI nunca deve tocar no limite esquerdo da zona de regeneração, mantendo-se dentro da zona assinalada a verde na imagem abaixo.

O motivo é simples: uma travagem mais forte produz uma intensidade de corrente que utrapassa a capacidade das baterias em a absorver, e portanto perde-se alguma da energia produzida. Dentro da zona verde aproveita-se tudo...

Em suma, neste tipo de circuitos há que procurar regenerar o máximo de energia, e para esse efeito dosear as travagens por forma a que toda a energia produzida seja aproveitada para as baterias.

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support

Está assim uma postadela tão perfeita que ninguém tem nada a comentar? Devil

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Not Ranked
Pendura
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
110_CT200h
tcap-support

Luís obrigado pelas dicas, estou na fase de exploração da maquina e com boas dicas como esta a coisa fica mais fácil. 

PRIUS 3G SOL 2010

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
016_Prius_4G
tcap-support

Luis Neves:

Está assim uma postadela tão perfeita que ninguém tem nada a comentar? Devil

Eu tenho," excelente" post, estamos sempre a aprender.

Um Abraço

 

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
510_Outlander_PHEV
Clube 1000 km
Moderator
tcap-support

eu tive a sorte de ter esta explicacao ao vivo e in loco. peco desculpa.por nao ter comentado mas realmente estas dicas sao perfeitas. mais dicas sao agradecidas

Toyota Prius 3G Gpl by AutoGasPower    Spritmonitor.de     Diário de Bordo de Um Prius Serrano

Mitsubishi Outlander PHEV    Spritmonitor.de  Diário de Bordo do Ironhide

Diário de um projeto de Autoconsumo Beirão - Link

Renault Fluence ZE - Diário de Bordo do Adamastor (Fechado)

Top 50 Contributor
Plug-In
013_Prius_3G
Clube 1000 km
tcap-support

Uma vez encontrei na net, se calhar até foi aqui mas ñ me lembro, que no "CHG" só se devia ir até meio porque é nesta zona onde se consegue tirar melhor rendimento da travagem...

Prius 3G Sol Branco Pérola + filtro na conduta de ventilação da bateria (02-2011)

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
Clube 1300 km
Moderator
tcap-support

Caro Luís, o único comentário que consigo fazer é o seguinte:

A utilização destas dicas e o por em pratica estes "cuidados", resultam nos consumos que tenho conseguido a bordo do "meu miúdo"...daí o fato de anteriormente não ter comentado nada a este post tão "cheio de sumo", está de fato excelente.Wink

Top 50 Contributor
Full Hybrid
012_Prius_2G
tcap-support

Luis Neves:

A condução a praticar deve seguir o princípio de dexiar reduzir um pouco a velocidade nas subidas, e deixar o carro deslizar nas descidas - o famoso glide. Muito fácil de fazer no 3G, basta pressionar muito ligeiramente o acelerador eliminando a regeneração de energia que ocorre nas descidas, mas sem pressionar o suficiente para que o HSD comece a entregar energia para a locomoção. 

Achei este post bastante interessante.

No entanto tenho uma duvida, e desculpem a ignorância... Embarrassed

No 2G, se for acima de 75Km/h se carregar ligeiramnte no acelerador, a regeneração é desligada, mas entra logo a seguir a locomoção eléctrica.

Se for abaixo dessa Velocidade, carregando ligeiramente no acelerador, a regneração é desligada mas não entra o modo electrico, neste caso o carro anda como se em ponto morto.

Estamos a falar das mesmas situações? Ou no 3G é diferente?

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

No 2G é igual, a regeneração diminui com uma pequena pressão no acelerador. Com um pouco mais, dá energia para as rodas.

Acima dos 70 o MCI estará sempre a rodar, não apoiando a locomoção, apenas para salvaguardar a rotação do MG1.

Com regeneração ZERO, é como em ponto morto, mas sem qualquer consumo.

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support
Luis Neves replied on 9 Jan 2013 16:17

Pois, a grande vantagem do 3G é a indicação visual que permite com facilidade estabelecer o "ponto morto", vulgo glide.

No 2G está lá mas é mais difícil de colocar o carro no ponto certo por falta do HSI - mas nada que impeça um condutor treinado.

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Page 1 of 3 (25 items) 1 2 3 Next > | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems