Prius-PT
Comunidade independente de proprietários e amigos de viaturas de mobilidade sustentável

Entrevista Prius-PT.com a Kouji Toyoshima

rated by 0 users
This post has 35 Replies | 10 Followers

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_2G
SystemAdministrator
tcap-support
João Prates Yes [Y] Posted: 18 Sep 2015 16:32

Boa tarde caros,

 

Graças aos esforços da Toyota Caetano Portugal, a quem agradecemos desde já, às 9h da passada 4ª feira fiquei frente a frente numa pequena sala de reuniões em Frankfurt com o Engº Chefe do Prius 4G, para uma entrevista exclusiva cedida a Prius-PT.com. Cool

O tema da entrevista era naturalmente a nova geração Prius, sendo que as perguntas tinham sido determinadas e escritas por mim no quarto do hotel nesse mesmo dia às 6 da manhã... portanto Toyoshima-San não fazia a mínima ideia do que eu iria perguntar; a entrevista era totalmente livre. Angel

Nota: Como a entrevista foi efectuada com o auxílio de uma intérprete, torna-se bastante difícil transcrever exactamente as palavras do Engº Chefe, pelo que opto por transmitir antes a ideia geral com que fiquei após cada resposta. Não reproduzo as exactas palavras de Kouji Toyoshima.

 

1) Qual foi o maior desafio no desenvolvimento deste novo Prius?

Ao longo dos anos a Toyota tem vindo a aperfeiçoar a tecnologia híbrida a cada nova geração, e nesta altura a tecnologia já atingiu um estado de maturidade e reconhecimento para além de qualquer dúvida.

Toda a gente, incluindo os nossos concorrentes, olham para os híbridos Toyota como a referência dos híbridos. Essa componente do automóvel, a qualidade enquanto híbrido, está perfeitamente sólida e reconhecida.

O que procurámos fazer com esta 4ª geração foi complementar a faceta híbrida do automóvel com as restantes características. Dito de outra forma, a Toyota procurou não apenas fazer um bom híbrido mas acima de tudo um bom automóvel. Um bom automóvel que por acaso é híbrido, mas acima de tudo um bom automóvel.

Muito desse trabalho foi conseguido graças à utilização da nova plataforma modular TNGA (Toyota New Global Architecture). O Prius 4G é o primeiro modelo a fazer uso desta plataforma, que permite um centro de gravidade mais baixo e rigidez superior comparativamente com os modelos anteriores.

Com isto esperamos ter chegado muito mais perto do carro completo. Um carro capaz de transmitir prazer de condução sem deixar de promover a mobilidade sustentável característica dos híbridos Toyota. O carro completo.

 

2) O que mais vai impressionar os actuais condutores Prius 3G ao conduzir o novo Prius 4G?

Alguma hesitação... é difícil escolher uma característica em particular... mas finalmente a resposta vem em linha com a pergunta anterior: O comportamento do carro será o que mais impacto causará num condutor Prius actual.

O carro desenvolve melhor, a direção sente-se e responde melhor, a condução é mais sentida... "Menos playstation e mais real portanto?" - pergunto eu... e sai a primeira de várias gargalhadas espontâneas de um Eng. Chefe que prima pela simpatia e descontração; "sim, sim, mais real". Sem dúvida o comportamento dinâmico do Prius 4G será a melhoria mais sentida por quem já conhece e conduz as actuais gerações Prius.

 

3) A redução de 18% nos consumos/emissões é a maior de sempre entre gerações Prius. Como conseguiu esse milagre?

O gesto dos dedos a rodar um pequeno potenciometro sai quase institivamente com um grande sorriso... fine tunning... fine tunning... atenção a todos os pequenos pormenores que colectivamente fazem a diferença. "OK, mas pequenos pormenores dificilmente chegam aos 18%... tem de haver mais..." insisto eu... ao que obtenho finalmente mais alguns pormenores concretos:

Embora mantenha a mesma transmissão planetária, os motores foram todos completamente revistos. Temos MGs mais pequenos, mais leves (posicionados abaixo para melhorar o centro de gravidade) mas ainda assim mais potentes.

O MCI por outro lado também obteve um aumento de eficiência assinalável, recorde mundial para mais de 40% de eficiência global, o que corresponde como sabemos a um aumento de 3,9 pontos percentuais face ao modelo anterior/actual que reclama 38,5% de eficiência. Portanto também no motor de combustão se fizeram progressos assinaláveis.

"OK, OK, mas ainda assim... isso não chega para alcançar os 18% de redução nos consumos... tem de haver mais qualquer coisa revolucionária..." e mais uma vez sou brindado com mais uma pequena mas sincera gargalhada... "details... details...". Big Smile

Fico então a saber que por exemplo a bateria auxiliar de 12V saiu da mala do Prius, onde sempre esteve, e ocupa pela primeira vez lugar debaixo do capot, como num carro convencional. Com isto reduziram a cablagem necessária, as perdas, e montam uma bateria de 12V ainda mais pequena que a actual. Foi um exemplo para demonstrar como cortaram/reduziram perdas em todos os pequenos pormenores. Aparentemente toda a cablagem eléctrica foi revista para minimizar perdas na componente eléctrica.

"OK, falando às claras, e por falar em componente eléctrica, a tecnologia silicon carbide (SiC) estará já implementada no Prius 4G??? Isso podia explicar os 18% atingidos!"... LoL grande sorriso de Toyoshima-San, "we really can't discuss that for now", e aparentemente um misto de surpresa e contentamento por alguém ter conhecimento de um facto tão técnico e pouco conhecido da imprensa em geral numa entrevista destas.

OK, não vou pressionar mais, mas continuo a achar que é por aí que se justificará uma tão grande redução de consumos!

 

4) Vamos ter bateria de Li-Ion em opção, ou os novos desenvolvimentos no NiMH tornaram essa opção totalmente desnecessária?

As baterias de NiMH são muito mais estáveis e muito mais tolerantes a variações de temperatura, por isso sempre que possível preferem utilizá-las. No caso dos híbridos como a janela de operação é muito mais curta e passam a vida a sofrer cargas/descargas em ciclos muito curtos de carregamento a tecnologia NiMH é preferível.

Além do mais com a presente geração de baterias NiMH as performances estreitaram-se ainda mais, tornando de facto menos interessante o uso das Li-Ion. Aliás segundo Kouji Toyoshima a Toyota acredita que a tecnologia NiMH tem ainda muito potencial para evoluir, pelo que não se espera de todo deixar de a utilizar nos híbridos. Já nos PHV a história é outra, com outros ciclos de carga, mas para os HV o NiMH é o ideal.

No Prius 4G a bateria de NiMH viu aumentada ligeiramente a sua capacidade (kWh), aumentou significativamente a corrente máxima permitida permitindo a utilização de muito mais potência pelos MGs, e mesmo assim a sua dimensão foi reduzida face à do modelo 3G!

A bateria foi de tal forma reduzida em tamanho que a conseguiram colocar debaixo do banco na nova plataforma TNGA. Isto tem duas consequências óbvias: Por um lado melhoria no comportamento do veículo, com o peso a passar da traseira do chassis para entre eixos numa posição mais baixa, e por outro lado uma melhoria significativa na capacidade da bagageira.

Em concreto Kouji Toyoshima assegura-nos que a distribuição de pesos do Prius 4G está praticamente em 50-50% por eixo, e que a capacidade da mala aumentou nuns impressionantes 10%, que é o mesmo que dizer subiu em +52 litros!!!

 

5) Não posso deixar de mencionar alguns rumores lidos na imprensa sobre a hipotética utilização de um MG extra no eixo traseiro, à semelhança do que vemos no RAV4. Têm algum fundamento estes rumores?

Com um ar muito surpreso responde-me como respondeu a quase todas as questões, com um "não podemos ainda comentar especificações", mas quando refiro que tirei algumas fotos aos eixos tanto do RAV4 como do Prius 4G, , e que de facto existe um espaço livre perfeito no Prius 4G para colocar um motor mais pequeno no eixo... a curiosidade venceu, e muito rápidamente pede-me "posso ver as fotos que tirou?". Geeked

"Claro que sim!", e mostro a foto que aqui vêm acima, assim como outra do RAV4. Ele achou muita piada ao trabalho que eu tinha tido para investigar isto, e em jeito de recompensa explicou que sendo o Prius 4G o primeiro veículo a utilizar a plataforma TNGA é normal que existam determinadas características que são intrinsecas à plataforma e não necessáriamente ao modelo em questão.

Ou seja, este espaço está lá sim senhor, mas será útil para outros modelos, onde eventualmente poderá ser instalado um MG traseiro, mas não para o caso do Prius 4G, onde continuaremos a ter apenas os 2 MGs à frente no conjunto único de transmissão dianteira. Myth Busted! Devil

 

6) Se olharmos para este gráfico, que mostra as diferenças de regime e potência entre o Prius 2G e o Prius 3G, onde se situarão as maiores diferenças no Prius 4G?

"A maior diferença vai ser sentida na área intermédia desse gráfico", responde Kouji Toyoshima apontando para o gráfico. Ora se virmos a que corresponde essa área, que assinalei a amarelo, estamos a falar da zona onde o limite de potência é imposto pelo MG2 e/ou pela potência da bateria.

Daqui concluo que de facto a potência acrescida da bateria vai ter um grande impacto no comportamento do carro, acompanhada eventualmente por uma maior potência do MG2. Recordo que o MG2 tem capacidade para operar muito acima da potência fornecida pela bateria, através de alimentação proveniente do MG1 a operar como gerador por acção do MCI.

 

7) O novo Prius PHV vai usar como plataforma o Prius 4G ou vai prosseguir por caminho diferente?

 

A resposta foi que irá também utilizar a base TNGA, e sistema semelhante ao 4G, como tem acontecido até aqui. "Mas pelo que sei o novo PHV irá suportar uma velocidade EV muito superior ao modelo anterior. Como conseguiram resolver o problema do over-spinning do MG1?" pergunto então de seguida... mas não consegui resposta... não podem responder por enquanto... ou melhor, respondem com um muito simpático sorriso! Big Smile

 

Conclusão: Temos máquina! Máquina infernal! Yes

 

Yes どうもありがとうございました ! Yes

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
310_Nissan_Leaf
420_BMW_C_Evolution
903_Tesla_Model_3
Clube 1000 km
Moderator
tcap-support

Acrescento mais cinco StarStarStarStarStar porque lá em cima não cabem mais.

Estou de boca à banda! Surprise

Nissan Leaf Tekna 30kWh out 2016 > ...   |   Renault Zoe Intens - jan 2014 > out 2016 (R.I.P.)   |   Prius 3G (ZVW30) - dez 2009 > dez 2013

                                                                                                         Spritmonitor.de |   Spritmonitor.de

aop@prius-pt.com

Top 25 Contributor
Plug-In
015_Prius+
tcap-support
David Diogo replied on 18 Sep 2015 16:51

Fabuloso.Excelente   Yes

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
Clube 1300 km
Moderator
tcap-support
Guilherme Martins replied on 18 Sep 2015 16:54

Fenomenal Prates, muito bom trabalho StarStarStarStarStar mesmo.

Grata deverá estar esta comunidade assim como eu estou, por poder ter acesso a esta informação correta e fidedigna por ti elaborada Prates, bem hajas Yes

Fiquem bem e,

Top 25 Contributor
Plug-In
015_Prius+
Clube 1000 km
tcap-support
Luis Gonçalves replied on 18 Sep 2015 17:21

bom trabalho. merece YesYesYesYesYes

Top 100 Contributor
Mild-Hybrid
0000_PREMIUM_Access
023_Auris_Touring_Sport_2013
Ricardo Costa replied on 18 Sep 2015 17:42

Muito Bom!!

O Prates bem apertou com ele, mas o malandro do Japonês não se desbroncou Zip it!. Temos de esperar! Smile

StarStarStarStarStar

 

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_2G
SystemAdministrator
tcap-support
João Prates replied on 18 Sep 2015 17:55

Como o Telmo já referiu noutra thread, os detalhes finais incluindo full specs serão revelados no Salão de Tóquio que terá lugar de 29 de Outubro a 8 de Novembro.

Falta sensivelmente 1 mês, também não é assim tanto, a malta é que desespera quando se trata de novidades destas, compreensívelmente!  Tongue Tied

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
310_Nissan_Leaf
420_BMW_C_Evolution
903_Tesla_Model_3
Clube 1000 km
Moderator
tcap-support

Um mês até se aguenta. Time

A questão que se coloca é: nessa altura volta(mo)s a ter oportunidade de espremer o sumo do sumo com alguém entendido da Toyota? Geeked

Nissan Leaf Tekna 30kWh out 2016 > ...   |   Renault Zoe Intens - jan 2014 > out 2016 (R.I.P.)   |   Prius 3G (ZVW30) - dez 2009 > dez 2013

                                                                                                         Spritmonitor.de |   Spritmonitor.de

aop@prius-pt.com

Top 100 Contributor
Mild-Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
João Milagre replied on 18 Sep 2015 18:42
ありがとう - Arigatō
Top 150 Contributor
Mild-Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
Clube 1000 km
Paulo Caetano replied on 18 Sep 2015 19:08

Excelente entrevista.

Page 1 of 4 (36 items) 1 2 3 4 Next > | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems