Prius-PT
Comunidade independente de proprietários e amigos de viaturas de mobilidade sustentável

VW questiona futuro a longo prazo dos híbridos plug-in

rated by 0 users
This post has 127 Replies | 9 Followers

Top 10 Contributor
EV
012_Prius_2G
310_Nissan_Leaf
Clube 1300 km
tcap-support

Afonso Henriques:
O problema é que uma bateria de 60kWh pesa 3 vezes mais que uma de 20kWh.

 

Não pesa, não Wink

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
tcap-support

José Rosado:

Afonso Henriques:
O problema é que uma bateria de 60kWh pesa 3 vezes mais que uma de 20kWh.

Não pesa, não Wink

Explica lá isso...   se fazes favor.

Estamos a falar da bateria, não da estrutura de suporte, nem de baterias diferentes....

Se tens uma bateria composta por N elementos e outra composta por 3xN, é suposto pesar 3x mais....     está-me a escapar alguma coisa?

 

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

As células poderão pesar 3 vezes, mas o invólucro, estrutura e periféricos não aumentam na mesma proporcionalidade.

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
tcap-support

Telmo Salgado:

As células poderão pesar 3 vezes, mas o invólucro, estrutura e periféricos não aumentam na mesma proporcionalidade.

Sem duvida...   mas o problema é o peso das células...   quanto podem pesar? 

6kg por kWh?  Pelo menos...   não sei realmente o peso... é uma suposição.

Mas sendo 6kg, dá 360kg para os 60 kWh...

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
012_Prius_2G
310_Nissan_Leaf
Clube 1300 km
tcap-support

Afonso Henriques:
Explica lá isso...   se fazes favor.

 

Densidades energéticas diferentes Wink. Por exemplo, a bateria do Leaf de 30kWh cabe no mesmo espaço que a bateria do Leaf de 24kWh Wink

Top 10 Contributor
EV
015_Prius+
A01_Ioniq_BEV
Clube 1000 km
tcap-support
Carlos Costa replied on 7 Oct 2016 10:36

Afonso Henriques:
Mas fará sentido arrastar uma bateria de 60kWh todos os dias, para usar essa autonomia adicional esporadicamente?

Concordo, em parte, contigo. Parece ser demasiado lastro, mas daqui por alguns anos é mais que provável termos o dobro da capacidade com o mesmo peso, ou a mesma capacidade com metade do peso. Não podemos queixar-nos de que os EV's têm pouca autonomia e, assim que aparece um com autonomia expressiva, passarmos agora a achar que é demasiado peso. 

A título de curiosidade, alguém saberá a diferença, em termos de peso, entre um conjunto motriz convencional, com aproximadamente 200 cv de potência, e respectivo depósito com combustível para 500 km e o conjunto motriz do Ampera-e e respectivas baterias? Seria interessante comparar...

Afonso Henriques:
e o custo de substituição de uma tão grande bateria?

Será que é necessário substituir a bateria toda? Não é / não será possível trocar apenas os módulos danificados?

Afonso Henriques:
a solução para os EVs é as baterias amovíveis por módulos standard.

Não me parece ser uma solução eficaz, até porque isso aumentaria e muito a produção de baterias, quer para criar stocks quer para substituição por degradação precoce. Uma coisa é teres uma bateria gerida por ti, usada e carregada em ambientes controlados, outra é teres stocks de baterias carregadas sabe-se lá como e usadas sabe-se lá por quem e em que condições.  

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_3G
Moderator
tcap-support
Luis Neves replied on 7 Oct 2016 10:53

Afonso Henriques:
Mas fará sentido arrastar uma bateria de 60kWh todos os dias, para usar essa autonomia adicional esporadicamente?

Pode não fazer inteiramente, mas é o que as pessoas querem...autonomia, mais autonomia, sempre mais autonomia. Até num PHV de 50 km se pede sempre mais.

Para uma efetiva substituição dos carros convencionais, penso que esse range será o mínimo. Acredito que as pessoas não se importem de parar 10 ou 15 minutos de 300 em 300 km para carregar, e essa possibilidade já não está muito longe. Mas terem de parar de 100 em 100 km ninguém aceitaria.

Por isso os carros vão inevitavelmente ter de vir com packs de 60 a 80 kWh para que os EV se generalizem, e que a potência de carregamento aumente por forma a reduzir os tempos de carga.

Toyota Prius 4G PHV    Spritmonitor.de

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
tcap-support
Afonso Henriques replied on 7 Oct 2016 11:00

José Rosado:

Afonso Henriques:
Explica lá isso...   se fazes favor.

 

Densidades energéticas diferentes Wink. Por exemplo, a bateria do Leaf de 30kWh cabe no mesmo espaço que a bateria do Leaf de 24kWh Wink

E pesa pouco mais, porque parte da estrutura de suporte foi substituída por células. Isso resultou de uma optimização do conjunto.

 

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
014_Prius_PHV
017_Prius_4G_PHV
903_Tesla_Model_3
ConsumoRecorde_2G
SystemAdministrator
tcap-support

Não tem nada a ver com as estruturas exteriores ou outros efeitos exógenos.

A densidade energética das células é um dos factores que vai evoluindo a cada iteracção de células.

As células de 60Ah da Samsung que equipam o BMW i3 e a C-Evo originais têm uma densidade energética de 120 Wh/kg, diz-se que as novas células de 94Ah dos novos i3 e C-Evo lançados este ano já passam a 190 Wh/kg, e que a Samsung tem no seu roadmap atingir os 250 Wh/kg em 2019.

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
tcap-support

João Prates:

Não tem nada a ver com as estruturas exteriores ou outros efeitos exógenos.

A densidade energética das células é um dos factores que vai evoluindo a cada iteracção de células.

As células de 60Ah da Samsung que equipam o BMW i3 e a C-Evo originais têm uma densidade energética de 120 Wh/kg, diz-se que as novas células de 94Ah dos novos i3 e C-Evo lançados este ano já passam a 190 Wh/kg, e que a Samsung tem no seu roadmap atingir os 250 Wh/kg em 2019.

Ora aqui está uma informação importante.

120Wh/kg significa 8,33kg/kWh o que dá 499,80kg para uma bateria de 60kWh

ou a

190Wh/kg  significa 5,26kg/kWh o que dá 315,60kg para uma bateria de 60kWh

em ambos os casos mais o peso de embalar o pacote...   não é assim?

A minha sugestão, que me parece bem mais lógica, é dividir um pacote de 60kWh por 3 de 20kWh. 

Acredito que 20kWh farão em breve 200kms em carros mais leves e optimizados, nas deslocações diárias de rotina com apenas um pacote. 

O que não invalida que o mesmo carro não possa encaixar os outros dois pacotes em simultâneo, para triplicar a autonomia quando tal for mesmo necessário.

Percebem a ideia? A vantagem de as baterias não serem fixas...

Mesmo sem um sistema substituição publica (tipo botija de gás), só para uso pessoal, as baterias amovíveis tem enormes vantagens... 

E para as empresas com frotas de veículos...  com a possibilidade de os carros circularem constantemente, com um pack enquanto os outros packs estão em carga na sede...     aliás, como se faz com as ferramentas profissionais a bateria.

A ideia não é minha...   é um conceito antigo e pensado na época para baterias de chumbo, onde o peso era muito mais importante, mas mesmo que no futuro a redução de peso seja muito significativa eu prefiro sempre ter um carro com 180kWh separado por 3 packs amovíveis, do que tudo numa bateria fixa.

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Page 2 of 13 (128 items) < Previous 1 2 3 4 5 Next > ... Last » | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems