Prius-PT
Comunidade independente de proprietários e amigos de viaturas de mobilidade sustentável

Motor HCCI a caminho?

rated by 0 users
This post has 42 Replies | 4 Followers

Top 75 Contributor
Full Hybrid
031_Yaris_HSD

Depende da motorização a que se refiram. Temos HSD's que usam "atkinson" ou otto on demand. 

De qualquer das formas a grande maioria é "atkinson" apenas. É uma coisa que por acaso sinto falta e que em algumas situações até poderia beneficiar os consumos.

Yaris HSD GPL

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

Não me recordo de nenhum HSD que não seja Atkinson. Na Lexus existiram híbridos com Otto, mas até esses atualmente são Atkinson.

De igual forma, também não podemos fazer da exceção realidade. Há pouquíssimas situações em que um Otto seja mais eficiente que um Atkinson, e com as caixas de relação fixa e em cujo condutor intervenha na seleção, eu diria que no mundo real seria somente uma hipótese matemática, dado que esse BSFC baixo ocorre numa pequena ilha do binómio rpm-carga e dada a dinâmica do perfil pedido pela estrada será apenas num instante que não tem significado no período de utilização. No Atkinson o BSFC e brutalmente melhor no restante padrão.

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

2GR-FSE - Otto

1NZ-FXE - Atkinson

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 25 Contributor
Plug-In
0000_PREMIUM_Access
021_Auris_HSD_1G
tcap-support

Conclusão: O holly grail não vai atingir a eficiência do MCI do Prius 4G?

1999 Avensis T22 (3S-FE)

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

É possivel, espera-se que sim.

Quando houver mais dados voltaremos a este assunto. Ainda me parece tudo muito pouco sumarento e pouco provado. Lembro-me de hibridos a ar, de rotativos e de muito vapourware...

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 75 Contributor
Full Hybrid
031_Yaris_HSD

por algum motivo falei em consumo e nao em eficiencia, não será muito dificil um 1NZ-FE hibridado superar em consumos um 1NZ-FXE (HSD) em situações de velocidades de AE.

um vvtli nas valvulas de admissao era muito bem vindo no meu ponto de vista.

 

EDIT: As motorizações 2/8GR-FXS, 2UR-FSE fazem precisamente o que falo. Devem ser umas "bestas" de conduzir Cool . Deixo o artigo da lexus.

http://blog.lexus.co.uk/2gr-fxs-lexus-rx-450h-v6-engine-explained/

 

Yaris HSD GPL

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

Telmo Costa:

por algum motivo falei em consumo e nao em eficiencia, não será muito dificil um 1NZ-FE hibridado superar em consumos um 1NZ-FXE (HSD) em situações de velocidades de AE.

Acho que não fui compreendido na explicação. A única zona boa dos Otto é uma pequena ilha, e é precisa muita pontaria para "acertar" lá. Em velocidade de AE a carga é mais aproximada, mas não chega para atingir o ponto, nem existe relação de caixa que o faça.

Não será difícil, é verdadeiramente impossível.

Consumo é uma medida da eficiência, Telmo, não há como distinguir quando descemos ao nível termodinâmico.

Como os gráficos atrás são de motores muito distintos em termos das variáveis básicas, como por exemplo a cilindrada unitária, mais favorável ao 2GR, 580cm3 vs 375cm3 do 1.5, deixo somente a questão da ilha de BSFC para reflexão - a referida "ilha" ocorre entre as 2000rpm e as 2500rpm, mas para cargas elevadas. Isso significa que em aceleração pode atingi-la, mas em velocidade estabilizada é impossível.

 

Telmo Costa:

um vvtli nas valvulas de admissao era muito bem vindo no meu ponto de vista.

 

EDIT: As motorizações 2/8GR-FXS, 2UR-FSE fazem precisamente o que falo. Devem ser umas "bestas" de conduzir Cool . Deixo o artigo da lexus.

http://blog.lexus.co.uk/2gr-fxs-lexus-rx-450h-v6-engine-explained/

 

Irei ler, obrigado pela partilha.

O VVTL-i é uma complexidade adicional não me parece que traga vantagens em consumo já que a respiração do Atkinson não é essencial ao rendimento volumétrico.

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

Telmo Costa:

(...)

EDIT: As motorizações 2/8GR-FXS, 2UR-FSE fazem precisamente o que falo. Devem ser umas "bestas" de conduzir Cool . Deixo o artigo da lexus.

http://blog.lexus.co.uk/2gr-fxs-lexus-rx-450h-v6-engine-explained/

 

Tudo indica que o RX450h tenha passado do Atkinson 2GR-FXE de injeção indireta para o referido Otto de dupla injeção 2GR-FXS na transição de gerações 2010-2105 para 2016-corrente, sem perda de consumos e atingindo um superior desempenho. Só com mais dados chegaríamos a uma conclusão que fosse diretamente relacionada com a motorização, porque todo o veículo mudou, como a aerodinâmica e a transmissão.

Uma coisa é certa: são evoluções que incorporam mais complexidade, que naturalmente se reflete em custos, que nos nossos híbridos familiares e compactos conta e muito.

 

Por curiosidade, o novo Camry, já com a nova linha de motores, atinge 41% de rendimento, mas é Atkinson (A25A-FXS). A versão não híbrida (Otto) faz 40%. Ou seja, mantém-se a minha perceção sobre a superioridade de eficiência/consumos.

https://newsroom.toyota.co.jp/en/powertrain/engine/

 

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Top 75 Contributor
Full Hybrid
031_Yaris_HSD

Telmo Salgado:

Isso significa que em aceleração pode atingi-la, mas em velocidade estabilizada é impossível.

 

O VVTL-i é uma complexidade adicional não me parece que traga vantagens em consumo já que a respiração do Atkinson não é essencial ao rendimento volumétrico.

Poderia eventualmente concordar, caso estivéssemos nos 'states', onde é tudo recto e plano. No meu caso faço muita AE e rodo bastante no minho, alto douro e tras os montes, que é tudo menos plano.

Não vejo o porquê da complexidade adicional, se bem implementado, funcionará. O VVTLI é semelhante ao sistema VTEC da honda que já tem provas mais que dadas da sua fiabilidade e beneficio dado em estrada e na "carteira dos clientes quando vão abastecer".

Tenho ideia que sendo o novo camry A25A-FXS deverá ter tecnologia de ciclo on-demand. Atkinson puros tenho ideia ser sempre FXE.

Cumps.

Yaris HSD GPL

Top 10 Contributor
EV
0000_PREMIUM_Access
013_Prius_3G
Clube 1000 km
SystemAdministrator
tcap-support

Quando sobes a seguir vais descer, e nessa altura ficas com a operação afastada do BSFC ótimo.

Em relação à aparente "pouca" complexidade do VVTL-i, fico na dúvida porque é que ele nem sequer é referido nestes textos técnicos da Toyota, se é tão simples de aplicar.

Em relação ao Camry, nota para os dois tipos de motores referidos no fim do artigo

Engine specifications

  New engine New engine for HV
Displacement (cc) 2,487 2,487
Bore x stroke (mm) Φ87.5x103.4 Φ87.5x103.4
Compression ratio 13 14
Injection system D-4S D-4S
Max. Power (kW/rpm) 151/6600 130/5700
Max. Torque (Nm/rpm) 250/4800 220/3600-5200
Emissions control LEVⅢ (SULEV30) LEVⅢ (SULEV30)

Não só o HV tem maior taxa de compressão (que só o Atkinson permite para evitar knock), como também se verifica pela menor potência disponível, também ela típica do ciclo sobrexpandido Atkinson.

Portanto: 40% a versão Otto-ciclo on dermand, e 41% a versão Atkinson.

Concordas?

Branca de Neve 30% são minha autoria...

Planeta: CO2

Page 3 of 5 (43 items) < Previous 1 2 3 4 5 Next > | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems