SITE OFFLINE
Esta comunidade mudou-se para https://ecomove.pt, registe-se no novo site!

Combustível sintético.

rated by 0 users
This post has 24 Replies | 3 Followers

Top 25 Contributor
Plug-In
000_Flint
tcap-support
João Nogueira Posted: 26 Aug 2017 4:04

Só encontrei este site referindo se ao Estudo da Bosch em que os automóveis com motores de combustão podem ser neutros em carbono, tal como os eléctricos. 

Não consegui confirmar a veracidade da noticia por isso deixo aqui o link:

https://www.razaoautomovel.com/2017/08/bosch-combustiveis-sinteticos-efuel

Remember that while it is perfectly acceptable to criticize the content of a post - criticizing the poster is not.
Mean spirited, nasty, snide, sarcastic, hateful, and rude individuals don't warrant or deserve my acknowledgement or respect.

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
banned
Afonso Henriques replied on 28 Aug 2017 18:11

Estou convencido que desta vez os os veículos elétricos vão se aguentar...   ao contrário de outras tentativas, noutras épocas.

O problema é que insistir em EVs com preços de luxo não ajuda nada.   É uma tendência elitista mas que não vai durar sempre. Pelo menos enquanto se basearem nas enormes e pesadas baterias de litio.

Os BEVs são mais indicados para utilitários para viagens de rotina.    Para outro tipo de veículos não são uma alternativa na massificação do transporte ecológico.

Para veículos maiores de utilização mais abrangente...   há muito que há soluções mais ecológicas que os combustíveis fosseis. Mas quais são as implicações na economia global?  Veja-se os casos mais recentes de Angola e Venezuela.

Esta solução seria excelente para implementar a nível de transporte aéreo por exemplo...    uma das grandes fontes de poluição atmosférica.

 

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Top 75 Contributor
Mild-Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G

É preciso não esquecer que a Bosch não quer deixar de vender os seus valiosos sistemas para os atuais motores, diesel de preferência. Por isso não estranho este tipo de posição. Como todos sabemos, a motor de CI já teve melhores dias.

Isto dos eFuel (a serem a maravilha que parecem) carece de fontes de eletricidade como fonte de energia. Ora... que rendimento é que isto terá? Para estarmos a falar de algo que realmente valha a pena no balanço energético teríamos que falar em rendimentos próximos das baterias químicas >85%. Não é preciso ser nenhum génio para perceber imediatamente que o uso de eFuel não pode ter um rendimento comparável (aposto <<<10%!). Se estivermos a usar a pouca eletricidade que a humanidade produz vinda das fontes limpas para armazenar essa energia em gasolina/gasoleo sintéticos isto só pode ser uma tanga. A exceção seria realmente como combustível de aeronaves pela vantagem da densidade energética.

Afonso H:
Esta solução seria excelente para implementar a nível de transporte aéreo por exemplo...    uma das grandes fontes de poluição atmosférica.


Talvez queiras dizer "fontes de emissões de CO2" em vez de "fontes de poluição atmosférica". Tenho muita relutância em aceitar a falácia de que o CO2 é um poluente, antes pelo contrario. Ela é fruto da simplificação que o problema do CO2 se faz na cabeça das pessoas menos informadas.

Já agora: é também um engano pensar-se que a maior fonte de gases de efeito estufa saem dos escapes de automóveis e aviões. A maior fonte do problema do aquecimento global vem da produção de carne e a inerente exploração agricula que é necessária para alimentar os animais que gulosamente comemos. Obviamente que se a humanidade resolvesse a questão do balanço de CO2 dos transportes era uma muito grande ajuda, mas estaria ainda assim longe da solução.

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
banned
Afonso Henriques replied on 29 Aug 2017 11:30

Paulo Braga:
Talvez queiras dizer "fontes de emissões de CO2" em vez de "fontes de poluição atmosférica". Tenho muita relutância em aceitar a falácia de que o CO2 é um poluente, antes pelo contrario. Ela é fruto da simplificação que o problema do CO2 se faz na cabeça das pessoas menos informadas.

Eu disse mesmo "poluição atmosférica", porque considero que o problema é mesmo a degradação do ar que respiramos. Já expressei por aqui várias vezes a minha opinião: o problema nunca foi, não é, nem será, o CO2.   Mas sim outros gases que poluem o ar que todos precisamos para respirar.

Paulo Braga:
A maior fonte do problema do aquecimento global vem da produção de carne e a inerente exploração agricula que é necessária para alimentar os animais que gulosamente comemos.

Já não se usa a expressão "aquecimento global".  Mas sim "alterações climáticas".

Nos últimos os anos os cientistas descobriram que há uma forte probabilidade de as temperaturas caírem de forma acentuada durante algumas décadas. Um fenómeno natural, conhecido por "Mínimo de Maunder" relacionado com a atividade solar.    Ora, se realmente acontecer, descredibilizaria o argumento do "aquecimento global"  por causas humanas.

Assim, a expressão "alterações climáticas" serve para culpar a poluição humana de todos os fenómenos naturais ligeiramente diferentes...   quando chove mais, quando está mais frio, quando não chove, quando há trovoada, das secas, das inundações, dos furacões, das pragas de insetos, enfim...   muito mais abrangente.

Muita gente não tem noção que vivemos todos num grão de poeira espacial, vulnerável a fenómenos naturais muito mais poderosos do que a humanidade alguma vez terá.

Mas a poluição é um grave problema e deve ser controlada.     E os milhares de aviões que estão no ar em cada momento são fortes contaminadores do ar. Assim como os fumos dos automóveis ou das lareiras. O problema é que a produção de combustíveis a partir de petróleo é mais barata que de outra forma. E sempre a aumentar como se pode ver aqui:

http://enmc.pt/pt-PT/atividades/mercado-de-combustiveis/indicadores/introducoes-ao-consumo/#gasoleo_4;ton;2015_2016_2017

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Top 75 Contributor
Mild-Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
Paulo Braga replied on 29 Aug 2017 12:59

 

Olá Afonso,

Huh? Deixas-me confuso com estas duas tuas frases:

Afonso H:
Esta solução seria excelente para implementar a nível de transporte aéreo por exemplo...    uma das grandes fontes de poluição atmosférica.

e

Afonso H:
Eu disse mesmo "poluição atmosférica", porque considero que o problema é mesmo a degradação do ar que respiramos.

Não te estás a contradizer?

Na primeira frase achas que a solução do eFuel é boa porquê? Da primeira vez que li, percebi que entendias que esta solução resolveria a grande fonte de poluição atmosférica. A vantagem do eFuel é mesmo o balanço de CO2 que fica nulo (que me parece positivo), mas pelo o que explicas na segunda frase, a poluição são os outros gases emitidos diferentes de CO2. Não vi em lado nenhum que o eFuel reduz os gases realmente poluentes. Então no teu ponto de vista, o eFuel é bom porquê?

Afonso H:
Já não se usa a expressão "aquecimento global".  Mas sim "alterações climáticas".

Não se trata de "modas". São coisas diferentes em que a ultima estará relacionada com a primeira - não é a mesma coisa - não é uma questão de semântica.

Afonso H:
Muita gente não tem noção que vivemos todos num grão de poeira espacial, vulnerável a fenómenos naturais muito mais poderosos do que a humanidade alguma vez terá.

Certamente que sim. Mas deixas-me assustado, depreendo que estejas a subestimar as consequências do  problema do CO2 a mais que estamos a pôr na atmosfera. Consideras então que o aquecimento global (e muito prováveis alterações climáticas) não são tão preocupantes quanto isso e os fatores externos ao planeta apagam o que estamos a fazer?

 

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
banned
Afonso Henriques replied on 29 Aug 2017 15:19

Paulo Braga:
Na primeira frase achas que a solução do eFuel é boa porquê? Da primeira vez que li, percebi que entendias que esta solução resolveria a grande fonte de poluição atmosférica. A vantagem do eFuel é mesmo o balanço de CO2 que fica nulo (que me parece positivo), mas pelo o que explicas na segunda frase, a poluição são os outros gases emitidos diferentes de CO2. Não vi em lado nenhum que o eFuel reduz os gases realmente poluentes. Então no teu ponto de vista, o eFuel é bom porquê?

O eFuel, não se trata de um único produto, mas sim de um tipo de combustível supostamente mais ecológico.    Só é neutro em CO2 se no processo de produção houver captura do mesmo.  Pois da combustão resultará sempre CO2.

No entanto, para mim não é essa a grande vantagem. Como também é referido no artigo, estes eFuel podem ser desenvolvidos de forma a não emitirem para a atmosfera outras substancias nocivas.  Essa é a principal vantagem.      Os combustíveis devem ser feitos de forma a reduzir essas outras  substancias/partículas/gases....        a gasolina, por exemplo, foi retirado o chumbo...    e o GPL também é mais limpo que a gasolina... Se tivermos algo que substitua directamente a gasolina e que não emita mais nada para atmosfera para além do CO2, seria bom.

O CO2 é necessário na atmosfera. O planeta já teve muito mais do que tem agora. E também já teve muito menos.   Obviamente que o que pudermos evitar, melhor...    

Paulo Braga:
Mas deixas-me assustado, depreendo que estejas a subestimar as consequências do  problema do CO2 a mais que estamos a pôr na atmosfera. Consideras então que o aquecimento global (e muito prováveis alterações climáticas) não são tão preocupantes quanto isso e os fatores externos ao planeta apagam o que estamos a fazer?

Não te quero assustar Big Smile  mas uma variação da intensidade do sol pode fazer a temperatura média da Terra, variar para cima ou para baixo vários graus e durante bastante tempo.  Felizmente os ciclos da mecânica espacial são mais longos que a nossa existência.

Mas a probabilidade de termos um Minimo de Maunder nas próximas duas décadas tem vindo a aumentar...  segundo estudos recentes. E se acontecer, vamos todos no nosso tempo de vida agradecer algum efeito de estufa.

 

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Top 75 Contributor
Mild-Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
Paulo Braga replied on 29 Aug 2017 17:23

Afonso,

A tua explicação assenta em pressupostos que não são os defendidos no artigo. E talvez não saibas, mas alguns venenos que saem dos tubos de escape (falo do celebre NOx) não é um subproduto inerente às características do combustível, mas sim à forma como é queimado. Portanto, perece-me falar fácil demais argumentar que bastaria desenvolver de maneira que não seja poluente. Podíamos dizer o mesmo dos combustíveis atuais, podia-se produzir diesel e gasolina de maneira a não poluir nada.

Se não viste, vê a serie documental "Cosmos - Episodio 12 (de 2014)". Acho que aqui se demonstra muito bem a linha de raciocínio aos mais céticos como tu na problemática do CO2.

Sobre Maunder convido-te a ler este artigo que me parece responder bem a essa ilusão. http://www.pbmc.coppe.ufrj.br/en/news/471-a-falacia-da-qmini-era-do-geloq

 

Top 25 Contributor
Plug-In
000_Flint
tcap-support
João Nogueira replied on 29 Aug 2017 21:44

Eu vejo o eFuel como a cerveja sem alcool Big Smile podemos consumir sem nos emburrachar com a mesma suavidade de só encosta-la aos queixos pois não é preciso mastigar Big Smile

Remember that while it is perfectly acceptable to criticize the content of a post - criticizing the poster is not.
Mean spirited, nasty, snide, sarcastic, hateful, and rude individuals don't warrant or deserve my acknowledgement or respect.

Top 25 Contributor
Plug-In
012_Prius_2G
banned

Paulo Braga:
E talvez não saibas, mas alguns venenos que saem dos tubos de escape (falo do celebre NOx) não é um subproduto inerente às características do combustível, mas sim à forma como é queimado

Por acaso sei.  Mas isso é outro problema e não tem relação com o efuel. Mas poderá um combustível sintético permitir uma mistura pobre sem geral NOx?   Não sei.

Paulo Braga:
Podíamos dizer o mesmo dos combustíveis atuais, podia-se produzir diesel e gasolina de maneira a não poluir nada.

Mas a ideia do eFuel é exatamente essa.    Produzir versões dos combustíveis atuais sem poluição no processo produtivo nem na combustão.   O artigo fala mesmo em substitutos diretos...   sem qualquer alteração dos motores.

Repara que já temos combustíveis mais limpos na combustão, mas além de implicarem alterações nos motores, são de origem fóssil e são gases o que implica sistemas de abastecimento e distribuição diferentes dos combustíveis líquidos.  Refiro-me ao GPL e GNC.

Mas a minha sugestão desde o inicio foi como combustível de transportes pesados, especialmente aéreo.  

Podemos ter um automóvel a funcionar com energia armazenada numa pesada bateria...   mas dificilmente teremos aviões alimentados por eletrões em baterias de lítio.

http://www.ecycle.com.br/component/content/article/35/1315-o-impacto-ambiental-do-transporte-aereo.html

Vou ler e ver as tuas sugestões... Yes

 

Toyota Prius 2G   Spritmonitor.de

Top 75 Contributor
Mild-Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G

Em jeito de remate a minha opinião é que o eFuel faz pouco sentido. Dividindo a questão em diferentes prismas parece-me que:

 - Impacto no aquecimento global / balanço CO2

Yes Não contribui com o aumento de CO2.

 

- Contribuição para a poluição atmosférica

No Fica tudo na mesma. Pois como foi referido, os motores continuam a ser os mesmos.

 

- Balanço energético

No O rendimento do sistema "Eletricidade" -> "eFuel" -> "Combustão" -> "Força Motriz" é extremamente baixa. Tem por isso o lado perverso de outros impactos ambientais.

 

- Método de armazenamento de energia em pouco volume e peso

Yes Como foi dito antes, parece ser um bom método para tornar a energia de fontes renováveis utilizáveis por um avião por exemplo.

Page 1 of 3 (25 items) 1 2 3 Next > | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems