Prius-PT
Comunidade independente de proprietários e amigos de viaturas de mobilidade sustentável

Diário de bordo da Monarca - Honda Insight 2009 - João Crisóstomo

rated by 0 users
This post has 146 Replies | 5 Followers

Top 75 Contributor
Full Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
Clube 1000 km
tcap-support

Paulo Lapa:

O 2G e macio e em teoria anda sempre em modo "power", e é muito engraçado.PLL

Ignorava esse pormenor sobre o 2G. Obrigado pela informação.

Posso agora perceber a genica do carro e o seu comportamento que me parece exuberante.

Este fim de semana a minha irmã foi de férias e emprestou - me o 2G. Adorei a suavidade, a ligeireza, a rapidez. E ao mesmo tempo os 3.8 de média.

Abraço amigo 🤗 

Crisóstomo 

Top 75 Contributor
Full Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
Clube 1000 km
tcap-support

Saudações,

Como já tinha dito, hoje fiz teste a dois prius 3G versões distintas. Um com pneu de 17 versão premium, outro com pneu de 15, versão sumária, sem extras, sensores, etc. O básico. Gostei de ambos. 

Este teste alterou completamente a minha percepção de sábado passado quanto ao 3G. E ainda bem. Libertou - me de uma má impressão e deu-me a possibilidade de apreciar as características deste modelo sem expectativas exageradas, mas também sem traumas.

Agradeci ao indivíduo que me acompanhou no teste. Claro que não entendeu o alcance das minhas palavras, antes aproveitou para me tentar vender o seu produto mais caro e, perante a minha recusa, a versão mais simples e mais barata. Por fim, para me convencer, já oferecia câmara traseira, sensores, e despesas de registo.

É pena que os vendedores deste tipo de veículo não tenham, aparentemente, sensibilidade empática. Outro seria o resultado se a tivessem, e mesmo não vendendo, sempre criariam amigos. 

Depois desta experiência, e sem desprimor pelo que sjnto pelo 2G, reabro a porta à terceira geração, orientando para ela a minha busca. 

Intimamente reconheço em mim uma preferência pela segunda geração do Prius. Mas admito que se deve a algumas horas na estrada, bem passadas, e a esse fenómeno de facilidade imediata em o conduzir (ou me deixar conduzir por ele) sendo previsível que, quando puder fazer o mesmo com a terceira geração sinta algo parecido. É pelo menos a minha esperança.

De momento é tudo. Mais uma vez os meus sinceros agradecimentos a todos que têm ajudado a ver mais claro. 

Abraço amigo 🤗 

Crisóstomo 

 

Top 50 Contributor
Plug-In
015_Prius+
021_Auris_HSD_1G
tcap-support

Percebeste qual foi o motivo do teu desconforto no primeiro exemplar? Foi o desconhecimento dos modos de condução? 

Top 25 Contributor
Plug-In
015_Prius+
Clube 1000 km
tcap-support

eu diria que demasiada expectativa levaram a encontrar todas as pequenas falhas e desvalorizar em demasia. isso levou certamente a uma apreciaçao menos positiva

Top 25 Contributor
Plug-In
0000_PREMIUM_Access
310_Nissan_Leaf
Clube 1300 km
tcap-support

Amigo Crisóstomo é com imensa alegria e entusiasmo que leio este DB.

E acredito que o seu coração baterá mais forte quando encontrar "o tal" (seja 2G ou 3G).

Ambos tem muito pontos positivos e alguns negativos. Será acima de tudo uma escolha de sentimentos.

João Crisóstomo:

Agradeci ao indivíduo que me acompanhou no teste. Claro que não entendeu o alcance das minhas palavras, antes aproveitou para me tentar vender o seu produto mais caro e, perante a minha recusa, a versão mais simples e mais barata. Por fim, para me convencer, já oferecia câmara traseira, sensores, e despesas de registo.

É pena que os vendedores deste tipo de veículo não tenham, aparentemente, sensibilidade empática. Outro seria o resultado se a tivessem, e mesmo não vendendo, sempre criariam amigos. 

Em relação a este episodio em particular, apenas veicula aquilo que tento demonstrar à algum tempo.

Permita-me a intrusão e deslocação do tema.

Já algum tempo que nos tempos livres (e muito por preocupação comigo, família e amigos) decidi que iria ajudar os outros. Como tal, e recorrendo a minha formação acabei por optar por uma atividade na área do Bem-estar, desporto e nutrição.

Assim sendo, se vir em todo o DB do Imbatível ou mesmo do Rei Zoom, mesmo na minha pagina pessoal do FaceBook ou mesmo Instagram, não encontrar qualquer referencia a essa atividade. No entanto, tenho inúmeros amigos que já aderiram através do meu exemplo pessoal. Já obtiveram resultados e estão mega felizes.

Isto tudo para lhe dizer o que: a Porsche descobriu há imenso tempo que apenas pela personalização pode ter, não a venda do momento, mas a fidelização e o relacionamento para a vida com a marca. Eu adotei a mesma estratégia. Liderar pelo exemplo, deixar a curiosidade e depois sim apresentar personalizadamente e pessoalmente o produto.

Assim consigo reforçar amizades, fazer novas e ajudar essencialmente as pessoas para os resultados, seja perder peso, ganhar vitalidade, melhorar condição física, largar medicamentos, depende exclusivamente da necessidade da pessoas.

Era isso que o seu vendedor deveria ter feito, ter tido uma escuta ativa e perceber a sua necessidade, se o tivesse feito não teria de vender; pois o João teria comprado, pois ele apresentaria a solução para a sua necessidade. E quando as necessidade são satisfeitas não há esforço de venda.

Bruno R. Almeida

P.S.: Já que toquei no tema, se necessitarem de ajuda ou conhecerem alguém que precise,  na área do Bem estar estou aqui para ajudar.

PRIUS 2G (Ago 2009 a Nov 2017)   

Leaf mk1 (Fev 2018 a ...) 12,87 kWh/100km

Top 75 Contributor
Full Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
Clube 1000 km
tcap-support

Bruno Brito:

Percebeste qual foi o motivo do teu desconforto no primeiro exemplar? Foi o desconhecimento dos modos de condução? 

Os modos de condução não, tanto mais que o Insight também os tinha e experimentei. Isso foi pacífico. 

O desconforto foi motivado por vários factores, como sempre.

Primeiro o ter conduzido várias horas o Civic híbrido e, sem pausa, com um calor abrasador, passar para o Prius que, por mais videos que se veja, é para mim um desconhecido onde tudo, ou quase, é desafio. 

Depois a topografia do lugar, íngreme até dizer chega. Mais um desafio, sobretudo para quem, como eu, somando todos os testes, nem 15 minutos de condução real terei feito - e sempre em plano normal. 

A seguir a preocupação por ninguém da família do proprietário do Prius me acompanhar no teste. Ok, foi sinal de confiança. Mas neste caso, sem apoio, resultou mal e criou insegurança. 

Também o desconhecimento da zona. Para lá chegar andamos perdidos. Tive receio de me alongar no teste e voltar a perder-me, ou enfiar o carro por alguma estrada manhosa. 

Como estava imenso calor tentei por o AC a funcionar. Mas não consegui à primeira, encostei para ver se entendia com os botões, e como o frio nunca mais aparecia, optei por abrir os vidros. Por consequência não pude testar o silêncio a bordo, como pretendia. Mais à frente fechei os vidros para testar o silêncio, mas entretanto comecei a subir uma encosta, o carro estava lento, dentro era um calor sufocante, e bom, abri outra vez os vidros e o teste do silêncio foi às urtigas. 

Foram muitas as razões do desconforto. A mais importante terá sido a minha certeza de que me entendia com o carro. Que pelo facto de ter conduzido outros híbridos estava capacitado para conduzir este. Pior, que a facilidade de condução do 2G era extensível a esta geração. E não é verdade : são carros completamente distintos. 

Claro que aqueles botões todos e o querer experimentá-los, não ajudou. Ontem, no teste que fiz, já não quis saber dos botões : conduzi o carro simplesmente e correu bem. Mas a meu lado estava o vendedor, a estrada era plana, a zona não tinha trânsito, e eu tinha vindo de boleia, sentia-me descontraído, tudo numa boa. 

O stress amigo Bruno, o malvado e insidioso inimigo que se oculta dentro de nós à espreita, actualmente sinto - o a cada passo. E no entanto não devia senti-lo. Encerrei a actividade, vivo uma existência pacífica, escrevo. De onde diabo me vêm este inimigo sorrateiro? Não sei, também não podemos saber tudo. Mas não desisto de o desocultar dentro de mim, de o desmascarar quando é possível. 

Cada época da nossa vida traz os seus desafios. Os meus, e de todos que chegaram aos 65 sem trabalho remunerado e com uma pensão pequena, é de incerteza. Porventura é esta incerteza que está na origem, também mas não só, deste stress e insegurança. 

Sei lá eu amigo, sei lá eu. 

Abraço 🤗 

Crisóstomo 

 

 

 

Top 75 Contributor
Full Hybrid
0000_PREMIUM_Access
012_Prius_2G
Clube 1000 km
tcap-support

Luis Gonçalves:

eu diria que demasiada expectativa levaram a encontrar todas as pequenas falhas e desvalorizar em demasia. isso levou certamente a uma apreciaçao menos positiva

Demasiada expectativa e alguma insegurança. Esta, ocultada pela euforia de ir experimentar o carro, explodiu no desencanto de não me sentir adequado. Sobrando a insegurança. Foi esta que tomou conta de mim, na verdade. 

Hoje, compreendendo este enredo de sentimentos, posso sorrir. Este sorriso traz consigo a serenidade necessária a uma mais correcta avaliação das minhas capacidades, e incapacidades, para enfrentar esta nova etapa. 

Por consequência estou grato à experiência traumática já que possibilitou uma renovada consciência do que sou. 

Abraço 🤗 

Crisóstomo 

 

 

Page 15 of 15 (147 items) « First ... < Previous 11 12 13 14 15 | RSS
Copyright 2009 Prius-PT.com
Powered by Community Server (Non-Commercial Edition), by Telligent Systems